Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



por A senhora do gatinho, em 14.05.17

Não volto a ver programas de ídolos

image.jpg

Pois está visto que os "entendidos" não sabem reconhecê-los...e "entendidos" são todas aquelas pessoas que votaram na altura para ele sair, pois lembrem-se que foi expulso pelo público.

=^.^=

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22


por A senhora do gatinho, em 01.05.17

1 de Maio

image.jpg

(Imagem retirada da net)

=^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:26


por A senhora do gatinho, em 26.04.17

Sobre a vacinação

Se procurei usar o lema "go with the flow", de que tanto gosto, em toda a gravidez, confesso que no que diz respeito à vacinação, não foi assim. Se tivesse engravidado há uns anos atrás, acho que essa questão nem me passaria pela cabeça e vacinar seria obrigatório (apesar de não ser). Da mesma forma que faria obrigatoriamente o teste do pezinho, também vacinaria, sem qualquer questão.

Hoje em dia tenho várias pessoas à minha volta que optaram por não vacinar, e isso fez-me pesquisar, e pesquisar muito.

Resumindo, li tudo o que consegui de prós e contra a vacinação e optei por vacinar a minha bebé. Mais, dei não só as que fazem parte do Plano Nacional de Saúde, como as fora do Plano (meningite e rotavirus). 

Depois de tudo o que li, concluí que não vacinar seria uma negligência e poria em  risco não só a minha bebé como as as pessoas à volta. 

Custa-me imenso o que ela chora quando vai às vacinas, a perninha que fica negra, aquela noite em que fica muito murchinha e a febre, que também já teve depois da vacina, mas acredito que é por um bem maior.

Sei que, infelizmente, não a poderei proteger de tudo o que há de mau neste mundo, mas quero ter a certeza de que faço tudo ao meu alcance para que seja saudável e feliz.

Cada notícia de novo caso de sarampo deixa-me preocupada e triste... Há pessoas, essencialmente crianças que devido a condições de saúde, ou mesmo pela idade (a minha bebé, por exemplo, ainda não tem idade para levar a vacina do sarampo) não podem ser vacinadas, e todos nós que podemos temos o dever de o fazer. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33


por A senhora do gatinho, em 07.04.17

Blogger que é blogger dá dicas

Há uns tempos dei comigo a pensar: mas que raio de pseudo-blogger sou, que além de cá vir muito esporadicamente, nem tenho uma única dica para dar? Na-da, na-di-ca! Equacionei mesmo fechar a conta.

Mas, numa das minhas inúmeras tarefas domésticas, fez-se luz:

- Como tirar nódoas de cocó e sopa (juntas ou separadas, perceba-se ) das roupas dos bebés? 

Senhora do gatinho explica: Passar sabão azul e branco na nódoa e deixar de molho pelo menos umas horas (vá, pelo menos uma hora, mas chego a fazer isso de noite e deixar de um dia para o outro). Depois é escorrer a água e pôr na máquina com o detergente que normalmente usam para a roupa do bebé. 

E viva o sabão azul e branco!

sabao azul e branco.jpg

(sendo assim, talvez fique por aqui por mais uns tempos )

=^.^=

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:29


por A senhora do gatinho, em 04.04.17

Qual é a palavra que mais se ouve cá em casa?

Palminhas.

É isso, palminhas, palminhas, palminhas... (acho que até as gatas já dizem palminhas)

 

=^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:40


por A senhora do gatinho, em 03.04.17

Depois de uma tarde de brincadeira com a bebé...

... eis o resultado:

image.jpg

 E eu que pensava que a Olívia era mexida... nada disso, comparada com a bebé, parece o ser mais zen deste mundo...

Bom dia e boa semana!

=^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:52


por A senhora do gatinho, em 30.03.17

Como vai a vidinha?

Pois que por cá, se bebé recém-nascida dava 1000 vezes mais trabalho do que duas gatas, bebé que come sopa dá 10000 vezes mais. Ok, estou a exagerar, mas às vezes é isso que sinto. 

É que nem é o preparar a sopa, que aqui tenho a preciosa ajuda da minha querida Bimby, é mesmo o campo de batalha que fica na cozinha após cada refeição. Menina do gatinho é decidida e quer ser ela, do alto dos seus 7 mesitos, a levar a colher à boca. Então andamos nisto, senhora do gatinho a tentar acertar na boca, menina do gatinho a tentar puxar a colher, a levar as mãos à boca, a esfregar a cara com sopa, qual creme chanel (de legumes) e as gatas a apreciarem todo um cenário, na esperança de mais um pedacinho de frango ou de peru no chão. 

E a vidinha tem sido assim, com muitas fraldas para mudar à mistura, muito dar de mamar (que isso menina do gatinho não abdica), muita roupa para lavar, secar, blá, blá, blá (sim, transformei-me numa dona de casa, às vezes à beira do desespero, confesso) e de uma pós-graduação que decidi começar quando a miúda tinha apenas um mês (essa é mesmo mea culpa, admito). Há quem consiga criar blogs de sucesso durante a licença de maternidade porque, supostamente, os bebés dormem muito. Então pensei, por que não fazer agora aquela pós-graduação que queria há tanto tempo? E pumba, saiu-me uma bebé que não gosta de dormir - afinal, para quê dormir quando há toda uma casa por explorar??? e gatas para chamar "óhhhhh" (é assim que ela lhes chama), e um computador para bater, qual jambe dos tempos modernos...

De resto, do pouco que tenho conseguido acompanhar, diz que Professor Marcelo, nosso Presidente, continua por todo o lado, qual ser omnipresente (e ainda bem, pelo menos sabemos por onde anda), achei  máximo a descrição das tendências para a próxima estação que fez no Portugal fashion (mais ainda, o facto de ele estar no Portugal fahion!), Cristiano Ronaldo agora também é nome de aeroporto (lamento o busto!) e as Miss Bumbum Brasil continuam obcecadas por ele.... O resto são notícias tristes e sem piada alguma, pelo que fiquemos por aqui, até porque tenho mais uma máquina de roupa para pôr a lavar.

=^.^=

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:09


por A senhora do gatinho, em 30.03.17

Aqui há gato #55

2640880812_2_2_3.jpg

2640880812_2_3_3.jpg

 É daqui!

=^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:51


por A senhora do gatinho, em 01.03.17

Péssoauuuu, qui tau o carnavauuuu?

Por cá confirmou-se o previsto:

image.jpg

 =^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:55


por A senhora do gatinho, em 22.02.17

Este é um post sobre... Amamentação!!!

Até ver-me com uma bebé nos braços, nunca tinha pensado muito no assunto amamentação. Claro que durante a gravidez foram-me perguntando "Vais amamentar?" (questão muitas vezes feita num sussurro, não fosse eu dizer que não) e ao que sempre respondi "Se for possível sim". Não sou (pelo menos tento não ser) fundamentalista em nada, por isso nesta questão de amamentar tudo dependeria de ter ou não leite e da miúda ficar satisfeita. E assim foi. Não fiz qualquer curso de preparação para o parto ou para a maternidade (também nisto sou adepta do Go with the flow), apenas perguntei à minha prima (que amamentou até o puto ter uns 3 anos) se havia algum "segredo" (uma vez que para algumas pessoas parece tão fácil e natural e para outras tão difícil), ao que ela respondeu "é fazer com que peguem bem na mama, com a aréola toda na boca, nunca deixes que pegue só no mamilo, porque aí vai doer e nunca vai conseguir mamar". E pronto, menina do gatinho nos braços, mama para a boca e... não, não foi assim tão fácil, mas também não foi difícil. A miúda, com a sua boquinha minúscula realmente só queria o mamilo e enfiar-lhe a aréola na boca era quase como enfiar um pé 40 num sapato 36, mas as duas noites de internamento pós parto completamente dedicadas à amamentação fizeram com que menina do gatinho chegasse a casa a mamar, e que passados 6 meses ainda só conheça a maminha da mãe (no plural, claro). Esta semana vai iniciar a sopa e eu, apesar da curiosidade que tenho em vê-la experimentar os alimentos, sinto uma certa nostalgia. Nestes 6 meses descobri que a mama não só alimenta como conforta. Nas vezes que foi às vacinas e berrava (quase a deitar o Centro de Saúde abaixo), só a maminha a fazia calar e voltar a fazer as pazes connosco (fico sempre com a impressão que ela nos quer dizer - se gostam de mim porque deixam que me piquem? - mas este é outro assunto). Agora a maminha ainda vai continuar, mas menos, depois muito menos, até parar por completo. Compreendo quem não consiga e mesmo quem não queira amamentar e até acho que é possível fazer-se uma boa vinculação sem a amamentação, mas no meu caso gostei destes 6 meses de amamentação exclusiva, gostei de a ter tão "colada" a mim, mesmo nas noites difíceis (que a miúda parece que de noite ainda tem mais fome do que de dia). Agora está a chegar uma nova etapa, venha ela! =^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27


"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor






subscrever feeds