Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por A senhora do gatinho, em 21.11.15

Afinal, hoje foi um dia especial

Tive uma semana cheia de coisas chatas para resolver e hoje acabei o dia no hospital, depois de receber um sms a dizer que uma pessoa próxima teve um acidente (felizmente ficou "só" com a cara mal tratada e umas escoriações). 

Cheguei a casa exausta e com muita dificuldade em manter-me positiva. A verdade é que ando a treinar a atenção para as coisas positivas que me rodeiam, especialmente aquelas mais pequenas e que temos dificuldade em ver (consequência de uns workshops que ando a fazer), mas hoje o meu pensamento não saía do "bolas, estão sempre a acontecer desgraças". Até que, ao pousar a mala no escritório cá de casa, olhei para o poster que tenho colado na parede e sorri. Afinal, hoje foi um dia muito especial. Especial para os direitos humanos do nosso país, logo, especial para todos nós: a adopção por casais do mesmo sexo foi aprovada no Parlamento. Finalmente!

 

image.jpg

 

(não tinha muita luz, por isso não consegui fotografar melhor, mas noutro dia mostro-vos este poster que é mesmo muito giro)

=^.^=

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:12


2 comentários

De LadyVih a 23.11.2015 às 09:20

Sabe o que eu costumo fazer nesses dias? Paro, respiro e penso que existe sempre quem esteja pior do que eu...Que por muito mal que esteja, amanhã será um dia melhor.
E são essas "pequenas" coisas que depois nos fazem sorrir e pensar que "sim, tornou-se um dia melhor"! Acredito que haja muita gente a quem esse "tema" incomode. Mas ser feliz é um direito de toda agente! E, mesmo que não sejam de acordo, o respeito terá de existir.
Se existirão casais homossexuais que não estão preparados para adoptar? Claro que sim! Mas também existem do lado dos "normais" (como lhes chamam). Se podemos dar um lar a uma criança abandonada / maltratada qual a diferença se vai para uma casa com um homem e uma mulher ou com duas pessoas do mesmo sexo? Vai para uma casa e ponto final.
"Um pequeno passo para o Homem mas um grande passo para a Humanidade"

De Ana a 24.11.2015 às 10:00

Afinal o que interessa é o Amor.

Comentar post



"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor