Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por A senhora do gatinho, em 16.04.15

Na marina da cidade da Horta...

também há gatos. Em pinturas, claro.

Aqui está um dos locais que mais gosto na ilha, basicamente uma grande galeria de arte ao ar livre. Não é preciso comprar bilhete, é só caminhar e contemplar as belas pinturas.

Todos os anos, iatistas de todo o mundo cruzam o atlântico e param cá na ilha, deixando pinturas nos muros e no chão. Diz que os marinheiros que não o fizerem não chegarão ao destino. Não sei se será mesmo assim, mas se eu fosse marinheira, antes de partir deixava lá qualquer coisita, nem que fosse uns rabiscos. Nessas coisas, nunca fiando...

A marina foi inaugurada em 1986 e para mim, que nasci e morei cá durante anos, é um sítio muito especial. Havia sempre motivos para ir passear para a marina, de dia e de noite. Aliás, as minhas primeiras saídas à noite com amigos foram no bar da marina e depois ficávamos até altas horas (ou melhor, as horas que os pais permitissem) a conversar lá no muro, rodeados de pinturas. Namorar também era na marina.  Até cheguei a ter aulas de Francês, Inglês, EVT e Educação Física na marina. Em Francês e Inglês os professores mandavam-nos procurar pinturas e barcos franceses e ingleses, em EVT tínhamos que desenhar em papel uma réplica de qualquer pintura que a professora escolhesse e em Educação Física corríamos marina fora, era uma animação.

Passaram tantos anos e passear pela marina ainda é uma animação. Hoje foi assim e até encontrei um gatinho (para não variar ).

 

image.jpg

image.jpg

 =^.^=

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:35


2 comentários

De Cris a 20.04.2015 às 09:20

Isso é giro! Gostava também de passear por aí!

De A senhora do gatinho a 20.04.2015 às 15:35

Recomendo vivamente!

Comentar post



"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor