Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por A senhora do gatinho, em 27.06.15

Quanto mais conheço as pessoas, mais gosto das minhas gatas...

... e dos gatos em geral, dos cães, coelhos, pássaros, tartarugas e de todos os animais a que chamam de irracionais. Se ser racional é isto, prefiro conviver com os animais ditos "irracionais" que, a meu ver, são muito mais racionais que muitas pessoas.

Neste momento em que escrevo, as minhas gatas dormem profunda e tranquilamente no sofá cá de casa e eu não consigo deixar de pensar no sofrimento que terá tido aquele gato e todos os gatos que têm sido torturados (sim, não me venham com merdas de que isto não é uma tortura) à conta desta "tradição" bárbara e absolutamente estúpida.

Ouvir os argumentos (ou melhor, os não argumentos) das pessoas desta freguesia a justificar este acto como "tradição" é assustador. Afinal, pessoas como estas andam aí, convivem connosco, respiram o mesmo ar que nós... Atentem a esta reportagem que passou na sic

Para quem diz que o gato não sofre, como a senhora que empresta o gato para as festas ou quem se delicia a ver, sugiro que no próximo ano, já que não dói nada, sejam eles próprios pendurados no poste. 

Está a decorrer uma petição pelo fim deste cruel tradição "A queima do gato", que podem assinar aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:24


3 comentários

De golimix a 27.06.2015 às 22:41

Nem me fales nisso

Tenho a certeza que nada vao ser feito!
Diz-me, e com as touradas? Fizeram alguma coisa? Esta gente e o catano das tradições parvas!

De A senhora do gatinho a 28.06.2015 às 00:27

Pois, as touradas é outra que não consigo perceber. E há quem compre bilhete para ver aquilo. Um horror!

De Cris a 30.06.2015 às 10:28

Isto é do tempo medieval! Que coisa estúpida! Tradições dessas dispensam-se!

Comentar post



"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor