Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por A senhora do gatinho, em 12.01.15

Ronaldo, fazes-me chorar pá! (pela segunda vez)

No ano passado chorei como uma Madalena arrependida com o discurso do Cristiano Ronaldo. Este ano, emocionalmente mais recomposta... voltei a chorar.

Gostei muito que tivesse falado em português, do abraço à mãe Dolores e do Cristianinho, claro.

 

Este rapaz é um orgulho!

 

Só uma pergunta: Cadê Irina?

=^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:06


9 comentários

De Mafalda M. a 12.01.2015 às 20:52

Pelo que sei, a Irina anda em New York! :P

De A senhora do gatinho a 13.01.2015 às 14:08

Ah, ok. Obrigada;)

De Anabela a 13.01.2015 às 08:19

Eu também fiquei comovida. Tanta gente o critica, mas a verdade é que ele é um orgulho. É no fundo um rapaz muito ligado à família. E foi lindo o grito pra chamar o filho.
Pois, a Irina não estava lá? Até pensei que estava... Se calhar tinha compromissos profissionais :)

De A senhora do gatinho a 13.01.2015 às 14:10

Também admiro muito a ligação que ele tem à família. É um orgulho, sim.
:)

De Tó Bolo a 13.01.2015 às 10:31

A Irina é um alibi, não há nada entre ela e o Ronaldo.

De Toni a 13.01.2015 às 12:48

Uma visão diferente: "Somos Ronalde!"

http://notasdealgibeira.blogs.sapo.pt/somos-ronalde-11016

Pode explicar a ausência da Irina...

De slots a 14.01.2015 às 22:19

Dizem as más línguas que a Irina já faz mesmo parte do passado do jogador... As revistas cor-de-rosa é que estão a adorar este diz que disse! :D

Comentar post



"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor