Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por A senhora do gatinho, em 18.09.13

35

Segundo o que me contaram, daqui a mais ou menos 7 horas, faz trinta e cinco anos (trinta e cinco, trinta e cinco, dizer muito baixinho trinta e cinco, OMG) que vi a luz pela primeira vez, ou seja, que desemboquei neste mundo. Podia dizer que se iniciava um lindo dia, com o sol a subir ao lado da montanha do Pico, lá, lá lá, florzinhas, golfinhos a saltitar, lá, lá, lá. Mas por acaso não sei como estava o dia, tenho de perguntar à minha mãe, caso ainda se lembre, trinta e cinco anos...  são muitos anos.

Dizem que os 40 são os novos 30, que os 30 são os novos 20, o que me daria uns 25. Tretas, meus amigos, tretas! Se aos 34 ainda estava naquela: opá, estou mais próxima dos 30 do que dos 40, aos 35 estou mesmo a meio da linha entre os 30 e os 40.

Pronto trintonas deste meu país, não se zanguem, não é preciso lançarem-me já com ovos, tomates podres e grandes palavrões, de certeza que há coisas ótimas que  são serão possíveis aos 35, claro que sim, só ainda não descobri quais... sou novata nos 35, há que dar o desconto.

Passando a coisas práticas, logo de manhã tenho de:

1º Começar a dar uso à minha passadeira, que me ocupa 50% do quarto e apenas tem servido de bengaleiro

2º Comprar um anti-rugas

 

E não é que, agora mesmo, fiz a minha primeira grande descoberta/ coisa positiva a entrar nos 35 (viram, viram, ainda faltam umas horinhas e já estou inspirada). Ou seja, se até agora não me tinha decidido por um nome para o blog, e ainda esta semana tive imensas dúvidas quanto ao "senhora" e até ponderei substituí-lo por "rapariga", hoje acho que me assenta lindamente.

Sou a "senhora do gatinho", é isso, estou uma senhora =^.^=

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:38



"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor