Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por A senhora do gatinho, em 23.11.16

O poder da partilha

Quando as pessoas à minha volta souberam da minha gravidez, salvo raras exceções (exceções essencialmente vindas de outras "mães" de gatos que compreendem este amor), questionavam e opinavam coisas do género: "E agora, o que vais fazer com as gatas?" ; "Elas não vão gostar da bebé"; "Ainda podem atacá-la, os animais são imprevisíveis"; "Devias dá-las já porque depois vão sofrer"; "E se a bebé for alérgica?".

Confesso que às pessoas mais próximas cheguei a mandá-las para outro lado e até fiquei bastante irritada. Mas por que raio haveriam de atacar a bebé ou mesmo estarmos já a pensar em alergias? Claro que pode vir a ser alérgica, mas também pode não ser. E que tal pensarmos positivo?

Passados três meses tenho a dizer que tanto a Ritinha (que é mais senhora de si) como a Olívia, adoram a bebé e a Olívia não só anda sempre atrás dela como partilha os seus brinquedos com ela. Não é raro encontrar ratinhos em cima da Maria (sim, este é o nome da bebé) que a Olívia lá deixou.

Esta é uma família de pessoas e gatos. Por cá partilhamos e somos felizes assim.

thumbnail_fotografia[1].jpg

 =^.^=

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:37


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



"Espalhou-se logo a notícia de que uma cara nova se passeava pela marginal: uma senhora com o seu gatinho" [adaptado de Tchékhov].

Mais sobre mim

foto do autor






subscrever feeds